Cargo Político/Público-Conceito

Chama-se de cargo político aquele ocupado por pessoas eleitas pelos membros da sociedade, ou seja, aqueles escolhidos pelos eleitores através do voto para representar e defender os interesses do povo. Os cargos políticos são ocupados somente pelos membros do poder executivo(Presidente, Governadores, Prefeitos e seus vices) e pelos membros do poder legislativo (Senadores, Deputados Federais, Deputados Estaduais e Vereadores).
Os demais cargos são em regra ocupados por pessoas aprovadas em concursos públicos, embora hajam cargos ocupados por indicação, chamados cargos de confiaça, que, mais tecnicamente são chamados "Cargos em Comissão". Há ainda cargos temporários, honoríficos e sem remuneração, a exemplo dos mesários em época de eleição.
Os funcionários por indicação são os ministros do supremo tribunal federal, ministros de estado, secretários estaduais, secretários municipais, diretores de escolas públicas, etc.
Diferente do que parece, os políticos são funcionários públicos como todos os outros servidores, e, também como todos os outros, não passam de subordinados do povo, diferenciando tão somente por terem ingressado em suas funções através da escolha direta pelo povo...

A todo prestador de serviço público no exercício de sua função, independente da forma de ingresso, e independente do serviço prestado, se dá o nome de agente público. No entanto, considera-se agente público com o mesmo dever de lealdade para com o serviço prestado e para com o povo, tanto o presidente da república quanto o gari que faz a limpeza das ruas. A diferença entre eles é simplesmente a natureza do serviço prestado, o grau de complexidade, e teor de responsabilidade de cada um.

DESSA FORMA, TODOS OS POLÍTICOS E TODOS OS SERVIDORES PÚBLICOS SÃO DIRETAMENTE FUNCIONÁRIO PÚBLICOS E SUBALTERNOS DO POVO, SENDO QUE, OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS CONCURSADOS TÊM MAIS DIREITOS DO QUE OS PRÓPRIOS POLÍTICOS, POIS OS POLÍTICOS SÃO ELEITOS PARA PRESTAREM OS SEUS SERVIÇOS APENAS POR UM DETERMINADO PERÍODO, A PARTIR DO QUAL, DEVEM NOVAMENTE DISPUTAR A VAGA ATRAVÉS DA ELEIÇÃO, E, NÃO SENDO ELEITO, SERÁ AUTOMATICAMENTE DEMITIDO DO CARGO, O QUE NÃO ACONTECE COM O SERVIDOR CONCURSADO.

CABE SALIENTAR QUE UM POVO UNIDO PODE EXIGIR MUDANÇAS IMEDIATAS EM SEU QUADRO POLÍTICO, CASO ESTE NÃO ESTEJA ATENDENDO AS NECESSIDADES DO PAÍS, O QUE SE ESTENDE A TODO E QUALQUER FUNCIONÁRIO PÚBLICO.

O QUE DIFICULTA A ATUAÇÃO POPULAR NA ATUALIDADE É A FALTA DE FERRAMENTAS, COMO O REFERENDO, O PLEBICITO E A INICIATIVA POPULAR, QUE, EMBORA PREVISTOS NA CONSTITUIÇÃO, NÃO GANHAM FORMA POR FALTA DE INICIATIVA EM SUAS IMPLEMENTAÇÕES.

CLARO, NÃO HÁ INICIATIVA PORQUE ISSO PREJUDICARIA QUEM TEM COMPETÊNCIA PARA INICIAR O PROJETO DE LEI. OS POLÍTICOS, ENQUANTO PUDEREM, EVITARÃO QUE O POVO PARTICIPE DA ADMINISTRAÇÃO, POIS ISSO ACABARIAM COM AS SUAS MORDOMIAS.

MAS O POVO TEM ALTERNATIVAS, POIS, COMO É DONO DE TODO O PODER, PODE PLEITEAR QUALQUER MUDANÇA DE SEU INTERESSE ATRAVÉS DE UM ABAIXO ASSINADO, POR EXEMPLO, O QUE PODE SER FEITO INCLUSIVE PARA A EXIGÊNCIA DE IMPLANTAÇÃO DO REFERENDO OBRIGATÓRIO PARA APROVAÇÃO DE DETERMINADAS MATÉRIAS E LEIS.

E CABE SALIENTAR, QUE, SOMENTE QUANDO O POVO TIVER UMA ATITUDE CAPAZ DE COLOCAR EM PRÁTICA O SEU PODER, OS POLÍTICOS REALMENTE TRABALHARÃO EM BENEFÍCIO DO POVO COMO VERDADEIROS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS ELEITOS...

APOIO



PATROCINE, ANUNCIANDO AQUI!